Presidente Dutra e Grajaú ganham unidades de atendimento do Sebrae

Com a inauguração de duas novas unidades, 29 municípios do Maranhão passam a ter mais perto as consultorias e capacitações do Serviço Brasileiro de Apoio as Micro e Pequenas Empresas


 Presidente Dutra e Grajaú ganham unidades de atendimento do Sebrae

Com a inauguração de mais duas unidades de atendimento nos municípios de Presidente Dutra - na região central do Estado - e Grajaú - integrante do eixo sul maranhense, o Sebrae começa 2014, dando continuidade a sua política de expansão. No estado, o Sebrae já tem 54 postos de atendimentos, entre unidades regionais, postos e núcleos de atendimento e salas do empreendedor.
Com as inaugurações das duas novas unidades, que aconteceu na última quinta (6) e sexta-feira (7), em Presidente Dutra e Grajaú, respectivamente, empreendedores de cerca de 29 municípios passaram a contar com a presença mais efetiva do Sebrae. “Os pequenos negócios tem grande importância para o funcionamento da economia hoje. É necessário dar suporte a quem já tem uma pequena empresa e incentivar que mais sejam criadas, para que se tenha um maior número de empregos sendo gerados e de renda circulando nos municípios. E com o Sebrae mais perto dos empreendedores destas duas regiões, será mais fácil para que eles tenham acesso a capacitações, consultorias e outras soluções que oferecemos”, explicou o presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae Maranhão, Cláudio Azevedo.

Presidente Dutra

A unidade regional de Presidente Dutra, inaugurada o último dia 6 de fevereiro passou a atender 19 cidades da região central do estado. Alguns dos municípios, já eram atendidos por regionais vizinhas, como Caxias e Bacabal. Mas a distância entre os municípios e as regionais ainda era um entrave para muitos empreendedores das localidades. “Agora poderemos fazer um trabalho mais focado para a região, com cursos e consultorias específicos para o contexto econômico da área. Sem contar com a facilidade que os municípios vizinhos terão de vir até nós em busca de informação e conhecimento para desenvolverem-se economicamente”, explicou o gerente da unidade regional do Sebrae em Presidente Dutra, José Noleto.
Para o diretor técnico do Sebrae Maranhão, José Morais, agora a região passa a ser atendida com um leque de serviços direcionados a geração de trabalho emprego e renda .“Nós esperamos ser demandados e que tenhamos parcerias e possamos prestar um serviço grandioso nesta região, que vive uma verdadeira ascensão econômica. E é por isso que decidimos abrir uma de nossas regionais aqui, por sentir o potencial que Presidente Dutra e cidades vizinhas tem”, declarou o diretor.

Grajaú

Já no dia 7 de fevereiro, foi a vez de Grajaú receber a diretoria e técnicos do Sebrae para inauguração de mais uma unidade próxima ao sul do estado. “Em Grajaú, temos o polo gesseiro, temos potencial agroindustrial e podemos desenvolver muito mais com o apoio do Sebrae. Estávamos ansiosos pela abertura dessa unidade”, disse o presidente da Associação Comercial de Grajaú, Egon Schreiner.
Para o gerente da unidade de Grajaú, Marcos Luís Chagas, a implementação da unidade do Sebrae de Grajaú foi um desafio, que só cresceu, com a inauguração oficial. “A região tem muita demanda de trabalho, desde o começo todos estavam interessados na instalação do Sebrae aqui, recebemos total apoio da prefeitura, que também está em busca de mais opções de capacitação e conhecimento para Grajaú, além de equipar a cidade e a região para gerar mais emprego e desenvolvimento”, explicou Marcos.
A unidade regional de Grajaú atende nove municípios do centro sul maranhense e inicialmente se concentrará em projetos ligados a indústria, comércio varejista e agronegócios.

Estrutura

As duas unidades inauguradas na última semana, seguem um padrão estabelecido pelo Sebrae para um atendimento de qualidade. Além da estrutura administrativa, elas contam também com salas de projetos e atendimento e auditórios com capacidade para 100 pessoas.
Entre os projetos a serem desenvolvidos de imediato pelo Sebrae, estão o desenvolvimento do comércio varejista, o atendimento aos projetos de agronegócios e indústria, além de oferecer treinamentos, capacitações, cursos e consultorias, que vem fomentar novos potenciais na região.
(Assessoria Sebrae)