ACII cobra sinalização da Belém–Brasília

Reivindicação do disciplinamento emergencial do trânsito visa a evitar acidentes


ACII cobra sinalização da Belém–Brasília

Palco de frequentes acidentes, muitos com vítimas fatais, o trecho urbano da Rodovia Belém–Brasília vem sendo objeto de grande preocupação por parte da população, exposta há anos a perma-nente risco de vida pela falta da infraestrutura e da sinalização necessárias ao regular afluxo do trânsito de veículos e pedestres no local.
Em sintonia com os interesses de moradores e trabalhadores que precisam cruzar a rodovia diari-amente, a Associação Comercial e Industrial de Imperatriz - ACII elegeu essa problemática como uma das principais pautas de suas discussões, a partir das quais vem formulando reivindicações aos re-presentantes públicos competentes.
Nesse sentido, a entidade voltou a oficiar ao Ministério dos Transportes, no último dia 17, para rei-vindicar a sinalização emergencial do trânsito no perímetro urbano da BR-010, onde ocorreram, nos últimos três anos, 1.142 acidentes com 515 feridos e 29 mortos em suas travessias, que representam séria ameaça à vida dos cidadãos.
Portador do ofício enviado pela ACII, o deputado federal Chiquinho Escórcio obteve, ainda na semana passada, do ministro dos Transportes, César Augusto Rabello Borges, a confirmação da realização, no primeiro semestre do próximo ano, da licitação das obras de duplicação da Rodovia Belém–Brasília, entre Imperatriz e Açailândia.

Foto: Josué Moura