ACII disponibiliza emissor da NFC-e ao empresário de Imperatriz


ACII disponibiliza emissor da NFC-e ao empresário de Imperatriz

Em parceria com a Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil – CACB, a Associação Comercial e Industrial de Imperatriz – ACII, disponibiliza de forma gratuita o emissor da NFC-e (Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica). A Nota Fiscal é um documento de existência apenas digital, com validade jurídica garantida por assinatura digital, emitido e armazenado eletronicamente, permitindo ao mesmo tempo o acompanhamento real das operações comerciais pelo Fisco.
Seu intuito é ser uma alternativa totalmente eletrônica que irá substituir os atuais cupons fiscais impressos em papel, utilizados pelos estabelecimentos comerciais. Com ela, a tradicional impressora de emissão do Cupom Fiscal – ECF, deve ceder lugar para a emissão do documento digital, destaca Hélio Araújo, presidente da ACII.
Hélio Araújo ressalta ainda que a NFC-e vai proporcionar redução dos custos das obrigações acessórias aos contribuintes, do mesmo modo vai possibilitar o aprimoramento do controle fiscal pelas instituições competentes. Segundo o presidente da ACII, o consumidor também será beneficiado, já que vai contar com um novo recurso para realizar a validade e a autenticidade do documento fiscal recebido.
A NFC-e vai promover significativas inovações no processo de gestão das informações fiscais, além de benefícios para as administrações tributárias, para o contribuinte comprador, contribuinte vendedor e a sociedade de modo geral.

O que muda?
Para a empresa emissora de NFC-e:
• Dispensa do uso do Emissor de Cupom Fiscal;
• Permite a utilização de qualquer impressora não fiscal, sem necessidade de autorização pela SEFAZ.
• Simplificação de Obrigações Acessórias (dispensa de redução Z, leitura X, mapa de caixa, aposição de lacres, registros em atestados de intervenção).
• Redução significativa dos gastos com papel.
• Dispensa da intervenção técnica.
• Permite o uso de papel não certificado, com menor requisito de tempo de guarda.
• Transmissão em tempo real ou online da NFC-e.
• Uso de novas tecnologias de mobilidade.
• Possibilidade, a critério da Unidade Federada e do interesse do consumidor, de impressão de documento auxiliar resumido, ou apenas por e-mail ou SMS.
Para o contador:
• Mais facilidade e praticidade para consulta e organização das NFC-es dos estabelecimentos atendidos.
• Possibilidade de integração com softwares e tecnologias para escrituração e armazenamento na nuvem, como o TGC Box.
• Informação em tempo real sobre os documentos fiscais.
• Possibilidade de monitoramento à distância das operações, cruzamento de dados e auditoria eletrônica;
• Dispensa de processos manuais e grandes volumes de papéis e documentos impressos.
Para o consumidor
• O consumidor final continuará fazendo suas compras normalmente. Porém, agora o cupom fiscal impresso – que passará a ser chamado de DANFE NFC-e (Documento Auxiliar da Nota Fiscal Eletrônica para Consumidor Final) - será opcional: já que ele pode optar pela versão impressa resumida (que traz QR-Code para consulta via Smartphone), consultar tudo pela internet, ou receber link de consulta da NFC-e por e-mail ou SMS.
• As NFC-es poderão ser consultadas diretamente pelo Portal da Secretaria de Fazendo de seu Estado. O que traz maior mobilidade, segurança e facilita a organização financeira. Por exemplo, se você precisar da Nota Fiscal para efetuar a troca ou solicitar a garantia de um produto, como tudo estará registrado no portal da SEFAZ, basta acessar a NFC-e de qualquer lugar que possui internet, inclusive através de smartphones.
• Segurança quanto à validade e autenticidade da transação comercial;
Maiores informações sobre a NFC-e podem ser obtidas na ACII, localizada na rua Bom Futuro, Centro, pelo telefone: (99) 3525-3400, ou pelo site: www.aciima.com.br, através do menu “Produtos e Serviços”, acesse NFC-e Gratuito, e clicando no banner no topo da página, onde você será direcionado à página com as informações necessárias.