Atuação da ACII proporciona desenvolvimento da cidade

Além da cobertura do Calçadão e climatização do Centro de Convenções, outras reivindicações fazem parte do histórico de luta da entidade


Atuação da ACII proporciona desenvolvimento da cidade

A ACII recebeu a Secretaria de Infraestrutura do Estado, na manhã do último sábado (16), no Centro de Convenções, onde o secretário Clayton Noleto, anunciou obras importantes para Imperatriz. Dentre as obras anunciadas, algumas foram resultados de reivindicações feitas pela Associação Comercial e Industrial de Imperatriz, a exemplo da reforma do Calçadão, climatização do Centro de Convenções e construção do Anel Viário.

A Associação Comercial e Industrial de Imperatriz tem uma bagagem de conquistas que possibilitaram o desenvolvimento da cidade de Imperatriz e região. Desde a sua fundação, em 1 de fevereiro de 1960, em que a cidade vivia um cenário de modernização com a construção da Rodovia Belém-Brasília, a entidade de classe, denominada Associação Comercial de Imperatriz já se mostrava atuante.

Fundada por um grupo de empreendedores, recebeu o reconhecimento de utilidade pública, em 16 de abril de 1968, e passou a ser chamada de Associação Comercial e Industrial de Imperatriz, já que sua contribuição deixava de se restringir apenas ao comércio e, passava a estender a atuação também as atividades industriais.

A ACII sempre buscou fazer parte da história de Imperatriz de forma relevante, trazendo contribuições importantes para o crescimento do município e desenvolvimento da economia local, sendo referência no associativismo e excelência na prestação de serviços para centenas de associados.

A Associação pode ser considerada mola propulsora do crescimento econômico de Imperatriz. Foram muitas as bandeiras levantadas pela entidade para que a cidade e a região continuassem em franca expansão. Dentres as reivindicações, pode-se citar:
Entre 1960 e 1963, a entidade reivindicou da Viação Aérea São Paulo (Vasp) o retorno das escalas regulares de voos da companhia, que estavam suspensos.

Na década de 1970, a ACII se empenhou pela implantação do Distrito Industrial de Imperatriz, instalado em meados dos anos 80 no povoado Lagoa Verde.

A instalação do Centro de Convenções em 2003 e a construção da Ponte Dom Affonso Felippe Gregory, inaugurada em 2009, também fazem parte das reivindicações da ACII.
Outra contribuição a cidade foi o lançamento do livro “Perfil Imperatriz”, em 2011, publicação que traça o perfil socioeconômico da cidade.

Em 2016, a entidade se posicionou contra o cancelamento dos voos da Latam e possíveis cancelamentos da Azul Linhas Aéreas com destino à Belém, além do fechamento de agências bancárias e Procuradoria Geral da Fazenda Nacional em Imperatriz.
Próximo a completar sessenta décadas desde a fundação, a ACII pode se orgulhar de haver trilhado com firmeza os caminhos do desenvolvimento do município.