Banda imperatrizense concorre a show em festival na Europa

O festival é um dos maiores eventos de rock, música eletrônica e alternativa da Europa.


Banda imperatrizense concorre a show em festival na Europa

Entre mais de 1.500 candidatas, a banda imperatrizense Madame Lulu está na semifinal do concurso nacional EDP Live Bands Brasil. O concurso vai levar uma banda nacional para se apresentar no NOS Alive em Portugal. O festival é um dos maiores eventos de rock, música eletrônica e alternativa da Europa. O grupo foi um dos mais votados em todo o país e atribui à vitória nessa etapa a uma série de fatores, entre eles, fãs, amigos, familiares e parceiros. Os artistas contaram também com o apoio de profissionais do meio de comunicação, que abraçaram e apoiaram a campanha, mobilizando mais de duas mil pessoas para votar e classificar a banda.
Desde o dia 04 de abril, após a divulgação oficial do resultado, teve início a segunda fase de votações, que definiu as oitos bandas finalistas para participar das apresentações em Sao Paulo e de cursos de formação em produção e mercado musical com os melhores profissionais do país. A grande campeã do concurso celebrará contrato com a Sony Music e terá a oportunidade de participar do NOS Alive 2018, um dos maiores festivais de música do mundo, em Portugal.
A banda está percorrendo escolas, universidades, repassando e mobilizando o público jovem para participar da votação online no site do concurso, onde o público em geral pode votar. A banda ė formada por Ricardo Lima (vocal),Betão ( guitarra),Cássio lima( baixo) e Patrick ( bateria).
"Nós estávamos entre as 10 mais votadas e agora disputamos a vaga na final, tentando ficar entre as três mais votadas. Além de ter conseguido ficar entre as 10, estamos tendo uma resposta boa do público com relação a essa participação, agora na segunda fase (a banda irá sortear mimos entre os votantes). Nossa banda tem como referência o pop rock britânico, onde através de canções autorais, transpira e se inspira em trabalhos como o Coldplay, e bandas nacionais como o Rappa", disse Ricardo Lima.
Eles estão ansiosos para a grande final do concurso EDP Live Bands Brasil, que seleciona bandas brasileiras independentes do rock ou pop rock por meio da inscrição online, é contam muito com o apoio do público imperatrizense. Sucesso em Portugal, a iniciativa começou no Brasil em 2016, pela EDP, empresa portuguesa do ramo de energia, contabilizando mais de 2.900 bandas inscritas em todo o território brasileiro. Para vencer ,as bandas participantes entram numa disputa acirrada,por votação online.
Em 2016, o EDP Live Bands Brasil consagrou a banda maranhense Soulvenir, que já lançou o seu primeiro álbum de músicas autorais, “Uterearth", pela Sony. Já em 2017, foi a vez da banda Gelpi, do Rio Grande do Sul, arrecadar o título de vencedor da segunda edição do concurso. O produtor cultural Axel Britto, já iniciou contatos com o empresário português Fernando, dono da maior casa de shows em Lisboa, "A Casa da Música", por onde já passaram grandes nomes do jazz e do pop rock internaciona, cuja agenda receberá em maio o cantor João Bosco e Toquinho, a apresentação da banda Madame Lulu ",é assim aproveitar para abrir mercado no continente europeu e latino, através da produtora paulista Layra Tizzo, que percorre festivais (Chile , México, Uruguai) abrindo caminhos.
O NOS Alive é um festival de música anual realizado no Passeio Marítimo de Algés, em Oeiras, Portugal. Ė organizado pela promotora de eventos Everything is new e patrocinado pela NOS. Teve a sua primeira edição em 2007 e desde então não sofreu qualquer interrupção. Embora tenha poucas edições, já é um festival consolidado e encontra-se entre os mais reconhecidos do país, juntamente com o Super Bock Super Rock, o Rock in Rio, entre outros. Com a edição de 2018, conseguiu atingir notoriedade no panorama Internacional. Por isso, a Associação Comercial e Industrial de Imperatriz apoia a iniciativa e convida a população a votar e contribuir para que uma banda genuinamente imperatrizense, dê um salto da garagem para um dos maiores festivais de música da Europa. (acesse e vote no link: goo.gl/KuYcZL).

Informações: Axel Britto / Produtor cultural
(Fundação Cultural de Imperatriz)