CACB diz que redução de juros ajuda a retomada da economia

Grandes bancos anunciaram que o crédito vai ficar mais barato


CACB diz que redução de juros ajuda a retomada da economia

O presidente da CACB, George Pinheiro, comemora a decisão do Banco Central em reduzir a Selic em 0,75 pontos percentual (de 13,75% paera 13% ao ano). Segundo ele, a decisão, que já repercutiu nos grandes bancos que anunciaram redução dos juros, vai permitir com que as empresas possam vender, que os consumidores comprar e a economia se movimentar. “O Banco Central, por unanimidade, percebeu que era preciso agilizar a política de recuperação da atividade econômica e, com isso, a retomada da economia e dos empregos”, enfatizou.

A fraca atividade econômica, que vinha sendo comentada pela CACB, foi o gatilho que estimulou o corte nos juros pelo Copom. “A economia precisa ser estimulada e com o crédito mais barato é possível ajudar a impulsionar a produção e o consumo”. Pinheiro lembrou ainda que “o crédito mais barato vai ajudar empresas e pessoas endividadas a pagarem menos juros”.

Outro ponto comemorado pelo presidente da CACB é o da inflação, cuja convergência projetada para os próximos dois anos para o centro da meta (4,5%) abriu espaço para acelerar a redução da taxa Selic. “Com isso, podemos festejar que a retomada da economia pode estar mais próxima em função do controle da inflação”, concluiu.





CACB