Diretores da ACII discutem o futuro econômico e político de Imperatriz em reunião

A entidade empresarial não ficará alheia aos futuros processos políticos de Imperatriz


Diretores da ACII discutem o futuro econômico e político de Imperatriz em reunião

Na última quinta-feira (19) o presidente da Associação Comercial e Industrial de Imperatriz (ACII), Edmar de Oliveira Nabarro e o vice-presidente Sergio Henrique Godinho, receberam na sala da presidência da ACII, diretores da entidade para discutirem o futuro econômico e político da cidade de Imperatriz. Na oportunidade, foi decidido que a entidade empresarial não ficará alheia aos futuros processos políticos de Imperatriz.

Na reunião foram discutidas diversas pautas, entre elas os impasses da economia local enfrentados pela classe empresarial de Imperatriz. “Começamos a discussão sobre os inúmeros problemas que travam a economia de Imperatriz. Abordamos tanto a economia da região, quanto a nível estadual, como questões tributárias, logística de transporte e escoamento de produção, pois temos um centro distribuidor de produtos alimentícios, industrializados e fábricas aqui na cidade”, conta o presidente da ACII, Edmar de Oliveira Nabarro.

Para o presidente é de extrema importância que a entidade debata sobre estes assuntos, haja vista que a Associação Comercial abrange todo o setor produtivo empresarial de Imperatriz e região. “O setor empresarial de Imperatriz, que é o comércio, a indústria e a prestação de serviços atua em toda uma macrorregião. Inúmeras cidades ao redor são beneficiadas com o setor empresarial da cidade, como shoppings, setor atacadista, setor alimentício, o mercadinho, que distribui frutas, verduras e legumes para uma região muito grande, que compreende cidades como Paragominas no Pará, Bico do Papagaio inteiro, Marabá, Parauapebas, até Balsas, Grajaú, entre outras. Então a importância do setor empresarial de Imperatriz é a mesma da Associação, que representa a classe produtiva da cidade e de toda essa macrorregião”.

Baseado na importância que a entidade representa para o processo econômico e social de Imperatriz e região, a Associação chegou à conclusão de que a partir de agora irá opinar e se envolver em questões políticas de interesse da classe produtiva do município. “Para que tenhamos um representante em nível de parlamento e executivos que defendam a classe, já começamos com a Carta Compromisso dos candidatos de Imperatriz e vamos evoluir várias pautas chamando os políticos para conversarem e debaterem sobre as questões de interesse da classe produtiva empresarial. Então esse é o nosso objetivo, realmente cobrar e fazer com que essas pessoas tenham compromisso. Isso quer dizer que iremos apoiar boas iniciativas, para que entrem no processo político pessoas honestas e interessadas em ajudar o crescimento econômico e social de Imperatriz e região”, finaliza.