Fecoimp passa a ser Patrimônio Cultural do Maranhão

A feira tem como foco a promoção, a integração, a divulgação e fomento do mercado regional por meio da exposição de produtos e serviços.


Fecoimp passa a ser Patrimônio Cultural do Maranhão

Nesta última sexta-feira (02), o governador Flávio Dino sancionou a Lei que reconhece a Feira do Comércio e Industria do Maranhão como parte do Patrimônio Cultural e Imaterial do Maranhão.

A Lei partiu de um Projeto de Lei de autoria do deputado estadual Marco Aurélio (PCdoB), tendo sido sancionada pelo Governador Flávio Dino, em reconhecimento ao trabalho realizado pela Associação Comercial e Industrial de Imperatriz- ACII, e da sua importância como agente de difusão cultural.

O termo patrimônio cultural imaterial remete a uma categoria de patrimônio cultural definida pela Convenção para a Salvaguarda do Patrimônio Cultural Imaterial, sendo adotada pela UNESCO, em 2003.

A Fecoimp é realizada anualmente em Imperatriz, desde 2001, e reúne empresários de várias regiões, no Centro de Convenções de Imperatriz, tendo como foco a promoção, a integração, a divulgação e fomento do mercado regional por meio da exposição de produtos e serviços.

Durante os 4 dias de evento, a feira tem contado com uma programação de rodadas de negócios, palestras, cursos e oficinas, além de áreas, como o Espaço Turismo e o Espaço Gourmet, que proporcionam noites culturais com muita comida, música e peças teatrais, entretendo todos que comparecem ao Centro de Convenções nos dias do evento.

Este ano a feira acontece de 12 a 15 de setembro no Centro de Convenções de Imperatriz.

Foto: Eudes Sousa e Álvaro Dias