Fecomércio divulga pesquisa em Imperatriz

Resultados apontam cenário positivo


Fecomércio divulga pesquisa em Imperatriz

Lançada pela primeira vez em 2012 durante a Feira do Comércio e Indústria (Fecoimp), as pesquisas de intenção de consumo nas datas comemorativas realizadas pela Federação do Comércio do Maranhão (Fecomércio) completam dois anos em Imperatriz e tornaram-se uma referência para o planejamento do comércio na região tocantina. A edição deste ano do levantamento de intenção de compras para o Dia das Crianças será divulgado nesta quinta-feira (18) no estande do Sistema Fecomércio na Fecoimp.
Para o vice-presidente da Federação do Comércio do Maranhão e presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Imperatriz, Vilson Estácio Maia, as pesquisas antecipam o potencial de vendas em períodos importantes para o comércio, auxiliando aos empresários no planejamento de estoques, vitrines e marketing. “As pesquisas abrangem uma enorme variedade de características potenciais das vendas, como perfil do consumidor, formas de pagamento, valores pretendidos, produtos desejados ou mesmo motivações para o consumo. Ou seja, os empresários do comércio de Imperatriz têm nas mãos uma excelente ferramenta para otimizar as vendas e atender com precisão aos anseios dos consumidores”, avalia.
Os relatórios com os resultados completos da pesquisa serão disponibilizados na versão impressa aos empresários imperatrizense até sábado (20) no estande do Sistema Fecomércio no Centro de Convenções de Imperatriz, onde está sendo realizada a 14º Feira do Comércio e Indústria de Imperatriz.
De acordo com o levantamento para o Dia das Crianças 2014 na cidade de Imperatriz, 90,6% dos consumidores pretendem comprar algum produto para presentear nesse período. Na comparação com o mesmo período do ano passado, o índice manteve-se praticamente inalterado com ligeira variação positiva de +1,34% sobre a predisposição de consumo da população imperatrizense.
A pesquisa de intenção de consumo nas datas comemorativas é realizada em Imperatriz pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Maranhão (Fecomércio), com o apoio da Faculdade Santa Terezinha (Fest), Associação Comercial e Industrial de Imperatriz (Acii), Sindicato do Comércio Varejista de Imperatriz e demais sindicatos filiados à Fecomércio localizados na região sul do estado. O estudo para o Dias das Crianças entrevistou 600 pessoas, entre homens e mulheres com mais de 18 anos, nos principais pontos de comércio da cidade durante os dias 1 a 3 de setembro de 2014. A margem de erro da amostra é de 3,7% e a margem de segurança é de 95%.
“A perspectiva de consumo para o Dia das Crianças manteve-se em alta na comparação com o ano passado, no entanto, a pesquisa da Fecomércio nos mostra que o consumidor está mais cauteloso, pretende comprar um número menor de presentes e deseja facilidade no pagamento com o parcelamento das compras no cartão de crédito”, explica o vice-presidente Vilson Maia.

Resultados

Entre os que devem consumir no período, a pesquisa da Federação do Comércio revela que as mulheres aparecem mais predispostas às compras, com 94,2% de intenção de consumo, do que os homens, com 86,6%. Completam ainda o público com maior propensão às compras nesse período as pessoas entre 21 a 35 anos (92%), com ensino superior completo (94,4%) e renda familiar mensal entre 3 a 6 salários mínimos (94,1%).
De acordo com o levantamento, os produtos preferidos pelos consumidores para o Dia das Crianças deste ano continuam sendo os brinquedos, que lideram a lista de presentes com 57,8% da indicação dos imperatrizenses. Apesar disso, quando comparado a 2013, os brinquedos tiveram uma queda na predileção de -18,13%. O destaque positivo desse ano foram os artigos de vestuário, que em 2013 não pontuaram significativamente na pesquisa e agora chegaram à segunda posição com 16,8% da opção dos consumidores. Já o destaque negativo foram os patins, patinetes e skates, que no ano passado ocupavam a segunda posição e, esse ano, experimentaram uma queda de 90,45%, alcançado a marca de apenas 2,1% da preferência.
Em terceiro lugar aparecem os celulares, com 13,4%, seguido dos vídeo games, com 12,1%, produtos que se mantiveram praticamente no mesmo nível e posições do ano passado. Os calçados, como sapatos, tênis e sandálias, também sentiram um crescimento, de 2,4% em 2013 para 6,9% em 2014. Completam ainda a lista desse ano chocolates (3,2%), tablet’s (3,2%), computador ou notebook (3,1%), bicicleta (3,0%), livros (2,9%), itens de perfumaria (2,4%), câmera digital (2,1%) e relógios (2,0%).
Apesar da manutenção da intenção de compras, o estudo apontou um dado bastante pessimista para o período. O número de consumidores que pretende comprar apenas um produto cresceu 94,2% na comparação anual, enquanto aqueles que desejam comprar dois produtos caiu -21% e a intenção de comprar três presentes diminuiu -67,3%.
Na análise do valor que os consumidores pretendem gastar com a compra do presente do Dia das Crianças e a comemoração da data, o estudo apontou que a faixa de gastos superior a R$ 400 reais foi a mais citada pelos imperatrizenses, com 23,4%, demonstrando um crescimento de 77,27% da predileção por essa faixa de valor. Em segundo lugar ficou a faixa de gastos entre R$ 51 a R$ 100, com 22,6%, seguido pela faixa entre R$ 151 a R$ 200, com 14,7%. No cálculo dos gastos, a pesquisa revelou que o valor médio da compra total para a data, incluindo os presentes e a comemoração, ficou em R$ 236, e o valor médio por presente ficou em R$ 163. Quando comparado com 2013, o valor médio do presente para este ano subiu 5,8%.
No corte por gênero, o estudo mostra que as mulheres estão mais dispostas a gastar do que os homens, com valor médio do presente de R$ 173 contra R$ 154, respectivamente. O valor médio do presente também é crescente em função da idade do consumidor, para aqueles até 20 anos o valor ficou em R$ 107, entre 21 a 35 anos o valor sobe para R$ 172 e para aqueles com mais de 36 anos o valor chega a R$ 179.
Quanto à forma de pagamento, o cartão de crédito se destacou na pesquisa deste ano com 48,8% da preferência, o que representa uma variação de positiva de 8,2% por essa modalidade de pagamento. As formas à vista, como dinheiro ou cartão de débito, somaram 46,9%, revelando uma variação negativa de 16,1% na comparação anual. As mulheres foram as principais responsáveis pela alavancada do cartão de crédito este ano, com 50% de intenção de utilizar essa forma de pagamento, enquanto os homens darão prioridade pelo pagamento à vista, com 50,2% de indicação por essa modalidade de pagamento com dinheiro ou cartão de débito. O cartão de crédito também se destacou entre o público mais velho, com 57,4% de intenção de uso entre as pessoas com mais de 36 anos, enquanto 66,7% das pessoas com até 20 anos afirmam que preferirão as formas à vista.
No que se refere aos locais onde as pessoas pretendem realizar as compras dos presentes, o levantamento demonstrou que as lojas dos shopping centers mantêm a predileção dos consumidores de Imperatriz, distanciando-se cada vez mais da escolha pelas lojas do Centro Comercial. Esse ano o Shopping subiu mais 22,68% na decisão dos entrevistados, chegando a 56,8%, enquanto o Centro Comercial recuou 32,9%, somando 19,3% da escolha dos imperatrizenses. Também pontuaram na pesquisa deste ano as lojas de bairros (17,5%), comércio informal ou camelôs (4,3%), supermercados (2,6%), lojas de departamento (2%) e a internet (1,7%).

Saiba Mais

Outros dados da Pesquisa de Intenção de Consumo para o Dia das Crianças em Imperatriz podem ser encontrados nos relatórios que estarão sendo distribuídos até sábado (20) no estande do Sistema Fecomércio na Feira do Comércio e Indústria de Imperatriz ou através do site: www.fecomércio-ma.com.br.