Flávio Dino destaca força do empresariado

Governo do Estado vai apoiar Fecoimp e executar reforma no Centro de Convenções


Flávio Dino destaca força do empresariado

Durante encontro com empresários imperatrizenses e da região para o lançamento do Pro-grama “Mais Empresas”, no auditório do Palácio do Comércio e Indústria, na noite da última quarta-feira (13),o governador Flávio Dino de Castro e Costa anunciou que sua gestão não só patrocinará a Feira do Comércio e Indústria de Imperatriz - Fecoimp como as melhorias reivindicadas para o Centro de Convenções.
Ao lembrar recente reunião, em São Luís, com diretores da Associação Comercial e Indus-trial - ACII, capitaneados por seu presidente, Jairo Almeida dos Santos, o governador Flávio Dino reconheceu a necessidade da modernização do complexo arquitetônico, assim como de dotá-lo de novos equipamentos, para incrementar o segmento de eventos, também responsável pela geração de empregos e renda.
Flávio Dino também frisou a necessidade de ampliação dos investimentos privados, em virtude dos diversos desafios que deparam ao Poder Executivo. “Por mais que eu faça com os recursos públicos, não teremos condições de resolver todos os problemas que foram se acumulando ao longo de décadas”, comentou, ao observar que será fundamental o fomento do espírito empreendedor dos maranhenses.
O governador assinou, simbolicamente, convênio que estabelece o apoio do governo estadual à 15ª Fecoimp, que acontecerá entre 16 e 19 de setembro, no Centro de Convenções. A ACII realizou, em 16 de abril, o lançamento da feira, com a presença de industriais, empresá-rios, autoridades e convidados, além da imprensa, ressaltando-se a magnitude e a importância do evento para a economia maranhense.
Por meio do acordo, o Governo do Estado destinará verba de cem mil reais ao patrocínio da Fecoimp 2015, confirmando-se, desta forma, o apoio oficial à maior feira multissetorial do Maranhão. Além do governador, assinaram o documento o secretário de Estado de Indústria e Comércio, José Simplício Alves de Araújo, e o presidente da Associação Comercial e Industrial de Imperatriz, Jairo Almeida dos Santos.

“Mais Empresas” reduz impostos
Empresário reconhece novo ciclo de estímulo ao empreendedorismo
Em recente visita a Imperatriz, quando lançou o Programa “Mais Empresas”, o governador Flávio Dino ressaltou que o programa inclui, dentre outros benefícios, a redução de impostos recolhidos pelas micro e pequenas empresas.
O presidente do Sindicato dos Atacadistas, Eraldo Rodrigues de Moura, louvou a iniciativa do Governo do Estado, uma vez que os micro e pequenos negócios são os grandes responsáveis pela geração de empregos e renda no País.
“A classe empresarial tem de prestigiar este momento, muito bem-vindo, em que está vi-vendo o início de novo ciclo de estímulo às atividades produtivas proporcionado pela gestão Flávio Dino”, comentou o dirigente empresarial.

O que é o “Mais Empresas”
Instituído por meio de Medida Provisória, o Programa de Desenvolvimento Industrial e de Integração Econômica do Estado do Maranhão – “Mais Empresas” é um pacote de medidas de incentivo ao empreendedorismo e à geração de emprego, incluindo-se, sobretudo, incentivos fiscais a empresas de todos os portes.
Ao apresentar o Programa “Mais Empresas”, o secretário de Estado de Indústria e Comércio, Simplício Alves de Araújo, demonstrou, inicialmente, aspectos gerais da economia maranhense, onde são propícios à lavoura 52% das terras, o correspondente a aproximadamente 173 mil quilômetros quadrados.
Uma das principais metas do programa é o fomento e a diversificação da matriz industrial e agroindustrial do Estado, com foco na integração e adensamento das cadeias produtivas estratégicas, com vistas à geração de empregos e renda nas diversas regiões do Maranhão e ao desenvolvimento econômico e social.

Os principais benefícios do programa
Os principais benefícios do “Mais Empresas” serão crédito presumido sobre a apuração do ICMS de até 95% na implantação de empreendimentos industriais ou agroindustriais nos 30 municípios de menor Índice de Desenvolvimento - IDH do Estado, por 15 anos, e crédito pre-sumido sobre a apuração do ICMS de até 65% na reativação, modernização ou relocalização de empreendimentos industriais ou agroindustriais, pelo prazo de oito anos.
Simplício Araújo destacou que a meta é valorizar cada vez mais as empresas maranhenses, conforme o governo estadual já vinha fazendo, a propósito do que chamou a atenção do empresariado para o fato de o Maranhão comprar em larga escala de outras regiões do País. “Hoje, o percentual médio de produção do Maranhão é de apenas 25% do que consumimos por mês”, lamentou o secretário, ao evocar o potencial de produção do Estado.
Ao declarar que o Maranhão é um Estado construído basicamente por empreendedores, o prefeito Sebastião Torres Madeira assinalou que Imperatriz se caracteriza como uma cidade feita por pessoas determinadas que estão passando a contar com significativo apoio do governo estadual. “A gente sente que, além do empreendedorismo da sua gente, a cidade tem também agora o apoio firme e decisivo do governo estadual”, afirmou o prefeito.

“A ACII é a fomentadora do desenvolvimento regional”
O presidente da Associação Comercial e Industrial de Imperatriz, Jairo Almeida dos Santos, declarou que o encontro possibilitou ao Governo do Estado mostrar que se encontra efetiva-mente presente na região. “O governador nos apresenta propostas concretas que vão permitir que a gente consiga trazer mais empresas que vão gerar, naturalmente, maior grau de desenvolvimento para a região”, comentou.
Jairo Almeida considerou bastante oportuna a atuação do governador Flávio Dino, já que a ACII é tradicional fomentadora de novos investimentos na região. Ele comentou que a designação do empresário Atenágoras Reis Batista, ex-presidente da entidade, para o cargo de diretor regional da Secretaria de Estado de Indústria e Comércio, se refletirá em maior empenho em defesa da classe empresarial regional.